Como é feito esse bloqueio por tipo aplicação? Os provedores de acesso instalam equipamentos que analizam os cabeçalhos dos pacotes que trafegam pela sua rede, restringindo aqueles identificados como provenientes de aplicativos p2p. A boa notícia é que com pequenas ajustes nos aplicativos de troca de arquivos, é possível burlar essas restrições.

Torrents

O programa utilizado neste exemplo é o µTorrent, pois o mesmo tem a opção de encriptação dos dados trocados.

001.jpg
clique para ampliar

Em “Opções”, “Preferências”, “Conexão”, selecione “Alternar porta…”.

images/torrent02P.jpg
clique para ampliar

Em “BiTorrent”, ative a criptografia (vide imagem acima).

images/torrent03P.jpg

Desta maneira você poderá aproveitar todo o potencia de sua conexão,

images/torrent04P.jpg

clique para ampliar

eMule

images/torrent05P.jpg
clique para ampliar

No eMule, basta selecionar “Preferências”, “Segurança”, “Enable Protocol Obfuscation”.