Acessando o Speedy sem Autenticação
Circular 15

Caros Amigos
Usuários Speedy com IP fixo.

A ABUSAR tem enviado regularmente relação de seus associados para a Telefonica,
a fim de que esta libere o acesso sem autenticação, conforme nossa liminar.

E centenas deles já estão acessando sem autenticação.

Você deve ser um deles !

E se seu IP fôr dinâmico, você pode pedir para passar para o Business, BEM melhor...

Mas às vezes, a Telefonica não cumpre a liminar para todos, ou não o faz no prazo correto,
desrespeitando a ordem judicial, sujeitando-se ao pagamento de multa diária de R$ 5.000,00,
além das demais sanções legais.
 
Outras vezes, como ela é desorganizada,  ela libera o acesso,
e depois se "esquece" e bloqueia novamente "por engano"...
 
Assim, pedimos sua colaboração, 
para que teste se vc consegue acessar sem autenticação,
e nos informe, para tomarmos as medidas necessárias.
 
Primeiramente, confira se seu cadastro está corretamente preenchido
lembrando que TITULAR é o que consta na conta telefonica.

E que o telefone deve ser o que tem o Speedy instalado !
www.abusar.org/php/ab_cadastro.html
 
Verifique também se está em dia com suas contribuições.

Se precisar acerte sua situação acessando
www.abusar.org/php/ab_boleto.html

E o mais importante, verifique se sua autenticação foi retirada !

Mesmo sem provedor, você deve poder acessar o endereço abaixo
 
http://200.171.222.100/logoff.html
 
Vai aparecer uma tela em branco,
e uma janela dizendo que o Speedy está ativo.
 
Clique em LOGOFF , e NÃO preencha a janela com senha e loguin.
 
Tente acessar o site www.abusar.org
 
Se você tiver acesso, poderá cancelar o provedor !
 
Mas antes, por favor, envie um e-mail para abusar@abusar.org  
com o texto OK como assunto e conteudo.
 
Se você NÃO estiver conseguindo acessar
coloque um usuário e senha válidos, para voltar a acessar.

Se seu IP é fixo ( Business, Megavia ) , 
e seu cadastro está em nome do titular da linha telefonica,

altere com seus dados, assine e nos envie URGENTE (sedex 10)
uma petição, como modelo em
http://www.abusar.org/modelo_peticao.htm ou se fôr seu caso,
www.abusar.org/modelo_peticao2.htm

Encaminharemos essa petição à Justiça, 
que providenciará o cumprimento da ordem judicial.
 
Abraço,

Horacio Belfort
www.abusar.org
abusar@abusar.org