Circular nº 10

Comunicado aos Associados

A ABUSAR tem divulgado em sua página principal e através de circulares enviadas aos associados que conquistou uma liminar, que impede que a Telefônica utilize sistema de autenticação (autenticação via janela) para os usuários de Speedy com IP fixo, o que impedirá que a Telefônica imponha aos usuários a contratação de um provedor.

Essa liminar ESTÁ VALENDO NORMALMENTE, apesar da Telefonica NEGAR veementemente...

Na última sexta-feira, dia 24/01/2003 a ABUSAR protocolou uma relação de associados notificando a Telefonica, e segundo a decisão que concedeu a liminar, ela deverá se abster de implantar o sistema de senha para os usuários de Speedy provisionados com IP fixo e restabelecer o acesso sem senha para os casos em que já houve migração, sob pena de multa cominatória diária no valor de R$ 5.000,00.

Os novos associados e os associados excluídos da ABUSAR serão relacionados e informados para a Telefônica.

Os usuários de Speedy IP fixo são todos aqueles que utilizam a versão Speedy Business, e os que tiveram o Speedy Home instalados até aproximadamente Setembro de 2001.

Assim, a partir de 04/02/2003, esses usuários deverão acessar a Internet sem a necessidade de contratação de provedor de acesso. 

Se qualquer associado com IP fixo em dia com a ABUSAR tiver que digitar Login e senha para entrar na Internet, ela terá que desembolsar R$ 5.000,00 e se continuar desobedecendo o valor poderá subir.

Não fique de fora, pagando caro para os provedores que apenas fornecem senha.

Regularize sua situação com a ABUSAR até 10/02/2002 e participe dessa conquista. 

Aqueles que permanecerem em situação irregular depois dessa data, terão suas inscrições canceladas, pois não é justo que eles se beneficiem da liminar, sem efetuar sua contribuição, como os outros companheiros.

Atenciosamente,

Horacio Belfort
Presidente
ABUSAR