Importante Vitória dos Usuários Speedy

O Ministério Publico Federal obteve medida liminar para que a Telefonica não imponha a contratação de provedor, não possa suspender a prestação do serviço do Speedy em razão da não contratação ou pagamento de um provedor adicional pelos usuários, e que ela voltar a fornecer o serviço àqueles que eventualmente tenham sido privados dele, por tal motivo, e ainda que a ANATEL se abstenha de exigir  que a TELECOMUNICAÇÕES DE SÃO PAULO S/A - TELESP (DENOMINADA TELEFÔNICA), submeta o usuário à contratação de Provedor (adicional) de Serviço de Acesso/Conexão à Internet - PCSI, para ter acesso ao serviço de transporte de dados em alta velocidade.

Essa decisão vale para TODOS os usuários Speedy !

Maiores detalhes: http://www.abusar.org/pagina.cgi?antecip_bauru.html