Home | @busar | FAQ | Notícias | Processos | Imprimir | CADASTRO | ATUALIZAÇÃO | PAGAMENTO | SEU IP : 54.162.123.74
ABUSAR e INTERNET 
Apresentação
Como se inscrever
Benefícios
Atualizar Cadastro
Teste de LOG OFF
Perguntas freqüentes
Links recomendados
Contatos
Custos

Biblioteca
Dados Internet Brasil 
Material de imprensa
Notícias: News Fórum
Notícias publicadas
Termos/Cond. de Uso
Circulares
Linha do Tempo

LEGISLAÇÃO
Justiça
Processos
Regulamentação Anatel
Documentos
Consulta Pública 417

TECNOLOGIA
Manuais
Modems - Configuração
Testes de Velocidade
Conexão/Traceroute
Autenticação
Tutoriais
Tecnologias
VoIP
Portas
Provedores
Antivirus
Hardware Cabos
Linux: dicas de uso
Redes privadas VPN
Softwares (download)
FTP Abusar Pitanga

SEÇÕES
AcesseRapido
ADSL
AJato
BRTelecom
Cabo
Humor
Neovia
Rádio
Sercomtel
StarOne
TV Digital
Velox
Vesper Giro
Virtua

Serviços GDH


Guia do Hardware

Fórum GDH

Serviços ModemClub

SpeedStat
Teste sua conexão
Mostra IP
Descubra seu IP e Host Name
Suporte ModemClub

Fórum Banda Larga

Clube das Redes
Clube do Hardware
ConexãoDLink
Fórum PCs
InfoHELP -
Fórum
Portal ADSL - Fórum
PCFórum
- Fórum
Tele 171

Fale com a ABUSAR
Escreva ao Webmaster
Material de imprensa

Copyleft © 2002 ABUSAR.org
Termos e Condições de Uso

Speakeasy Speed Test

WEBalizer

Webstats4U - Free web site statistics Personal homepage website counter


Locations of visitors to this page
 

@busar – Associação Brasileira dos Usuários de Acesso Rápido à Internet

 

À

ANATEL

At. Sr. Luiz Guilherme Schymura de Oliveira

Brasília - DF

e Sr. Everaldo Gomes Pereira ANATEL SP

Rua Vergueiro, 3073, Vila Mariana - CEP 04101-300 - São Paulo – SP

Ref. : Questionamentos e Contribuições à Consulta Publica 417

Prezados Senhores

A ASSOCIAÇÃO BRASILEIRA DOS USUÁRIOS DE ACESSO RÁPIDO - ABUSAR, associação sem fins lucrativos, fundada em 02/06/2001, e inscrita no CNPJ/MF sob o nº 05.266.623/0001-24, sediada na Avenida Nove de Julho, 4814 – Jardim Paulista – São Paulo – SP – CEP 01406-200,  cujo objetivo é a representação, proteção e defesa dos usuários, e futuros usuários de acesso à Internet, em todas as instâncias onde se fizer necessário, representando estatutariamente seus associados, vem apresentar os seguintes

Questionamentos e Contribuições à Consulta Publica 417

1 – Nos acessos discados feitos pelo código 0700, para qual rede IP será encaminhado o tráfego dos usuários ? 
E nos acessos feitos pelo código 1700 ? 
Existirão 0715, para acesso via Telefonica, 0721 para acesso via Embratel, 07... para a COMSAT, VESPER, DIVEO, AT&T, GVT, IMPSAT, METRORED, ONDA, VANT, etc... ? 
O que será implementado para que se assegure uma escolha livre e efetiva do link de acesso à Internet ?

2 - Por que a Anatel está criando uma regulamentação para acesso a um SVA, representado pelos PASI, ao invés do acesso direto a um serviço de telecomunicações, no caso, aos backbones dos autorizados de SLE, SRTT ou SCM ? Por que acesso ao PASI e não acesso à internet ?

3 - Segundo o item XIV do Art. 4.º, os serviços de telecomunicações envolvem a oferta de transmissão, emissão ou recepção de informações de qualquer natureza.

Se os PASI não possuem equipamentos, nem são prestadores de serviços de telecomunicações, por que a Anatel está criando esta atividade em uma regulamentação de serviços de telecomunicações, se ela é absolutamente desnecessária para o acesso a internet ?

4 - Ao impor em uma regulamentação, com força de lei, a utilização de serviços desnecessários, prestados por empresas alheias a área de telecomunicações, como os PASI, a Anatel não estaria violando o Código de Defesa do Consumidor, ao institucionalizar vendas casadas ? Isto também não significaria um ônus desnecessário para os usuários, devido ao fato dos serviços oferecidos pelos PASI poderem ser encontrados até gratuitamente na própria internet ?

5 - No novo contexto criado pela regulamentação, quais empresas de telecomunicações desempenharão as funções de PSCI da Norma 004/95, fornecendo os IPs válidos que permitirão a conexão dos equipamentos dos usuários a rede internet, nos acessos discados que utilizarem os novos códigos 700 e 1700, já que por força do acórdão do STJ emitido em 03.09.2001 no caso Sercomtel, que interpreta o artigo 61 da LGT, os PASI por serem prestadores de SVA não poderão fornecer números de IP para os usuários ?

6 - Caso as funções de PSCI da Norma 004/95 passem à ser desempenhadas exclusivamente pelas concessionárias de STFC, através de suas portas IP, isto não criaria um monopólio das incumbentes em suas áreas de atuação, devido a condição absolutamente dominante que elas possuem ?

7 - A criação dos PASI não poderia ser interpretada como uma tentativa de ocultar um monopólio das concessionárias de STFC nas conexões internet que utilizem os códigos 700 e 1700, passando para os usuários a falsa idéia da existência de concorrência nestes serviços ?

8 - A iniciativa de desfazerem-se de suas redes IP para tornarem-se simples locatários de  portas IP das concessionárias de STFC, que passaram a realizar toda a tarefa de conexão à internet, que deveria ser feita por eles, foi dos próprios provedores de acesso.

Sem possuir redes IP próprias e contratar backbones de terceiros, que não necessariamente o das concessionárias de STFC, o provedor de acesso perde totalmente a sua função de  mercado.

A criação dos PASI pode ser considerada uma tentativa da Anatel de intervir no mercado, criando uma demanda artificial para a existência de provedores que abdicaram das tarefas que justificavam as suas existências ?

9 - Em que parte da regulamentação está definido que os novos códigos de acesso conviverão com o modelo atual de pulsos por utilização ?

10 - Se a nova regulamentação substituirá a Norma 004/95, acabando com o PSCI, o que os provedores de acesso que ainda trabalham com equipamentos próprios para conexão internet deverão fazer com os seus equipamentos ?

Neste caso, devido ao acórdão do STJ eles não estariam prestando clandestinamente um serviço de telecomunicações ?

11 - A regulamentação demonstra que a Anatel está acatando a interpretação do STJ para o artigo 61 da LGT. Sendo assim, porque a Anatel não criou uma regulamentação para  enquadrar os provedores de acesso internet como empresas de telecomunicações, o que  incentivaria a concorrência, por motivar que eles pudessem ter vida própria, ao invés de viverem em função das portas IP das concessionárias de STFC ?

12 - Por que não serão realizadas audiências públicas na região da Telemar, apenas nas áreas atendidas pela Telefonica e Brasil Telecom ? Agindo desta forma, a Anatel não estaria cerceando o direito de manifestação dos consumidores daquela região ?

13 – Segundo a Lei nº 9.472/97 (Lei Geral de Telecomunicações), que define, em seu artigo 60, §1º, serviço de telecomunicações, verbis:

“Art. 60. Serviço de telecomunicações é o conjunto de atividades que possibilita a oferta de telecomunicação.

§ 1º Telecomunicação é a transmissão, emissão ou recepção, por fio, radioeletricidade, meios ópticos ou qualquer outro processo eletromagnético, de símbolos, caracteres, sinais, escritos, imagens, sons ou informações de qualquer natureza (grifo nosso).

Assim, o acesso à Internet se engloba no serviço de telecomunicações, haja vista que o termo “imagens” está expressamente embutido no artigo 60, § 1º da Lei nº 9.472/97 (Lei Geral de Telecomunicações) e  “dados” nada mais são que informações, expressão também contida nesta lei.

Por que a ANATEL, que deveria pugnar pela difusão de corretas informações, informa que o acesso à Internet é um Serviço de Valor Agregado ?

São Paulo, terça-feira, 14 de janeiro de 2003

Horacio Belfort Mattos Junior
Presidente

Google

Digite os termos da sua pesquisa
   
Enviar formulário de pesquisa 

Web www.abusar.org
KoriskoAnim.gif

Internet Segura

Teste a qualidade de sua conexão Internet

abusarXspeedy.jpg (29296 bytes)

AGE - OSCIP

Limite de Download

DICAS

Você pode ser colaborador da ABUSAR
Envie seu artigo, que estudaremos sua publicação, com os devidos créditos !

Compartilhamento de Conexão

Alteração de Velocidade

Mudança de Endereço mantendo o Speedy Antigo

Cancelando o Speedy

Comparação entre Serviços de Banda Larga

Qual a melhor tecnologia da banda larga?

Como saber se seu Speedy é ATM, Megavia, PPPOE ou Capado (NovoSpeedy)  

Guia para reduzir gastos Telefônicos

Economizando Megabytes em sua Banda Larga

"Evolução" dos Pop-ups do Speedy

SEGURANÇA

Crimes na internet? Denuncie

Segurança antes, durante e depois das compras

Acesso a bancos
Uma ótima dica, simples mas muito interessante...

Curso sobre Segurança da Informação

Uso seguro da Internet

Cartilha de Segurança para Internet
Comitê Gestor da Internet

Guia para o Uso Responsável da Internet

Dicas de como comprar
com segurança na internet

Site Internet Segura

Dicas para navegação segura na Web

Proteja seu Micro

DISI,jpg
Cartilha de segurança para redes sociais

Cartilha de segurança para Internet Banking

Cartilhas de Segurança CERT

  1. Segurança na Internet
  2. Golpes na Internet
  3. Ataques na Internet
  4. Códigos Maliciosos (Malware)
  5. SPAM
  6. Outros Riscos
  7. Mecanismos de Segurança
  8. Contas e Senhas
  9. Criptografia
 10. Uso Seguro da Internet
 11. Privacidade
 12. Segurança de Computadores
 13. Segurança de Redes
 14. Segurança em Dispositivos Móveis

Proteja seu PC
Microsoft Security

AÇÃO CIVIL PÚBLICA - MPF
HISTÓRICO
- Processo - Réplica - Quesitos - Decisão

Quer pôr fotos na Web e não sabe como?

Mantenha o Windows atualizado (e mais seguro) !

Tem coisas que só a telecômica faz por você !

Terra

Rodapé


Fale com a ABUSAR | Escreva ao Webmaster | Material de imprensa
Copyright © 2000 - 2009 ABUSAR.ORG. Todos os direitos reservados.
Termos e Condições de Uso
www.abusar.org - www.abusar.org.br

 Search engine technology courtesy FreeFind